28 de setembro de 2009

the crying game

love hurts

Love is just a lie and it's
Made to make you blue
Cause love hurts
(foto daqui).

o que eu quero de você

por milly lacombe

“Quero acordar do seu lado num domingo de manhã e saber que não temos hora para sair da cama. E, depois, ir tomar café na padaria e ler o jornal com você. Quero ouvir você me contar sobre o trabalho e falar detalhadamente de pessoas que eu não conheço, e nem vou conhecer, como se fossem meus velhos amigos. Quero ver você me olhar entre um gole de café e outro, sem nada para dizer, e apenas sorrir antes de voltar a folhear o caderno de cultura. Quero a sua mão no meu cabelo, dentro do carro, no caminho do seu apartamento. Quero deitar no sofá e ver você cuidar das plantas, escolher a playlist no ipod e dobrar, daquele seu jeito metódico e perfeccionista, as roupas esquecidas em cima da cama. E que, sem mais nem menos, você desista da arrumação, me jogue sobre a bagunça, me beije e me abrace como nunca fez antes com outra pessoa. E que pergunte se eu quero ver um DVD mais tarde. Quero tomar uma taça de vinho no fim do dia e deitar do seu lado na rede, olhando a lua e ouvindo você me contar histórias do passado. Quero escutar você falar do futuro e sonhar com minha imagem nele, mesmo sabendo que eu provavelmente não estarei lá. Quero que você ignore a improbabilidade da nossa jornada e fale da casa que teremos no campo. Quero que você a descreva em detalhes, que fale do jardim que construiremos, e dos cachorros que compraremos. E que faça tudo isso enquanto passa a mão nas minhas costas e me beija o rosto. Quero que você nunca perca de vista a música da sua existência, e que me prometa ter entendido que a felicidade não é um destino, mas a viagem. E que, por isso, teremos sido felizes pelos vários domingos na cama e pelos sonhos que compartilhamos enquanto olhávamos a lua. Que você acredite que não me deve nada simplesmente porque os amores mais puros não entendem dívida, nem mágoa, nem arrependimento. Então, que não se arrependa. Da gente. Do que fomos. De tudo o que vivemos. Que você me guarde na memória, mais do que nas fotos. Que termine com a sensação de ter me degustado por completo, mas como quem sai da mesa antes da sobremesa: com a impressão que poderia ter se fartado um pouco mais. E que, até o último dia da sua vida, você espalhe delicadamente a nossa história, para poucos ouvintes, como se ela tivesse sido a mais bela história de amor da sua vida. E que uma parte de você acredite que ela foi, de fato, a mais bela história de amor da sua vida. Que você nunca mais deixe de pensar em mim quando for a Londres, escutar Dream’ Bout Me ou ler Nick Hornby. E, por fim, que você continue a dançar na sala. Para sempre. Mesmo quando eu não estiver mais olhando.”

bluer than blue

(foto daqui)

23 de setembro de 2009

porque me arrasto a seus pés?

(foto daqui).

a sua lembrança me dói tanto

sabe aqueles encontros da vida que acontecem no meio da rua, no metrô, num farol fechado, ou qualquer outro lugar? um esbarrão ou uma troca de olhares são suficientes pra que aquele momento fique pra sempre na memória da gente. então, a sophie blackall faz ilustrações lindíssimas no blog missed connections mostrando alguns desses momentos.

hoje o céu está tão lindo

hoje é o primeiro dia oficial da primavera (que chegou ontem as 18:18h mais precisamente) mas a chuva continua não dando trégua. 'é primavera... vai chuva!' e pra combinar com a ilustração de blanca gomez, deixo vocês com o tim.

there are monters outside

os monstrinhos de hanna thoren são tão simpáticos, que fica muito difícil ter medo deles.

22 de setembro de 2009

dreams of flying

lindo e lúdico o trabalho de jan von holleben. me fez lembrar das instalações arte do neil no programa art attack da disney channel.

alice in waterland

acho foto embaixo d'água muito legal. passa uma sensação de leveza e me faz lembrar sempre daquele silêncio absoluto que a gente tem ao redor quando mergulha. a elena kalis tem tantos ensaios, que fiquei em dúvida de qual foto escolher. a dica veio daqui.

18 de setembro de 2009

ótimo final de semana!!

musica pra inspirar!

a primavera está chegando!

daqui a 4 dias, pra ser mais precisa. espero que traga a alegria das flores e suas cores com dias quentes e ensolarados. (foto daqui).

eu acho que vi um gatinho

(foto daqui).

a vida é tão rara!

ontem presenciei um assalto a mão armada, no meu caminho pra pegar o fretado. eu tava na calçada e um moço, que não lembrava em nada um bandido, bem vestido e com cara de normal, abordou um carro parado no farol, sacou um revólver e disse que se o cara não passasse logo o relógio, morria. as pessoas que estavam caminhando do meu lado recuaram. eu não. eu continuei seguindo. quando dei por mim estava passando bem do lado daquilo tudo. mas não tive reação alguma, só de continuar meu caminho. o moço do carro entregou o relógio e o mocinho sem cara de bandido saiu correndo no meio dos carros, até virar uma esquina lá pra frente e sumir. só então me toquei que eu devia ter recuado também. pensei 'e se...' ou 'e se...'. mas não aconteceu nada. teve gente do outro lado da rua que nem percebeu nada. agradeci a Deus, ao meu Anjo da Guarda e me lembrei da música do Lenine. a foto é daqui.
...
Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para (a vida não para não...)
Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara
Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência
O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência
Será que é tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (Tão rara)

16 de setembro de 2009

na minha casa que é meu reino

linda essa casa! veja a reportagem aqui.

a juventude é uma banda numa propaganda

os 50 anúncios vintage mais inspiradores de todos os tempos. a modernindade tinha de ter algum ponto positivo. pra ver todos clique aqui.

menino bonito

rodrigo santoro aparece nas páginas da revista tpm deste mês,falando sobre sua carreira. não sou tiete e nem de acompanhar nada desse mundo de celebridades, mas gosto muito desse moço. acho ele tão pé-no-chão, num mundo tão torto... meu marido já sabe, só troco ele nesta vida se for pelo santoro!
...
Quase três horas de papo, olho no olho, alguns casos, muita reflexão, eu desligo o gravador. Rodrigo continua falando. O papo rende. Ele sobe na moto e se manda. Eu decido caminhar pela rua, meio zonza. Para mim, uma jornalista desatenta e desavisada, Santoríssimo era até essa tarde só um rostinho bonito. Praticante de ioga, surfista, ligado nos quês e porquês da existência, na busca de experiências, o moço tem mesmo borogodó. Será que ser vascaíno é defeito?
...
leia mais aqui.

troque seu cachorro por uma criança pobre


eu adoro animais, mas odeio desigualdade social e miséria. animal é animal, e deve ser tratado muitíssimo bem como animal, não como gente. gente é gente. e deve brilhar, não morrer de fome.

4 de setembro de 2009

final de semana prolongado é bom...

pra fazer um monte de coisas, mesmo que todas as previsões de tempo digam que vai chover. trilha sonora e algumas idéias pra inspirar!!!

... pra jogar baralho

com as lindas ilustras de connie lim

... pra cozinhar

e fazer um bolo, ou um pão bem quentinho pra derreter a manteiga. (foto daqui).

... pra passear

mesmo que tenha de levar o guarda-chuva! (foto daqui).

... pra baixar música

aqui você encontra a ótima seleção dos 1001 melhores discos pra se ouvir antes de morrer, disponíveis pra download. a dica veio daqui.

... ou pra não fazer nada

pode escolher, ou fazer de tudo um pouco. aproveitem da melhor maneira possível e junto dos seus! (foto daqui)

pança de mamute

depois da castração, otto engordou. e muito, muito mesmo. agora se deixar, ele come o tempo todo. vive miando pra gente atras de comida. acho que os felinos, assim como os humanos, descontam seus problemas e frustrações na comida. otto compensa a falta de sexo com o excesso de comida! pobre bichano... (foto daqui)

porque me arrasto a seus pés?

antes tarde do que nunca... fica aqui minha homenagem ao 'rei do pop' enterrado hoje em los angeles. eu preferia ele negro, de black power e com muito mais swing, mas não posso negar sua grande influência revolucionária no mundo pop. deixo a dica do site eternal moonwalk, que na minha opinião, tem a maior e melhor homenagem a michael jackson que eu encontrei pela rede. pessoas de todo o mundo podem enviar um video com a dança mais famosa criada por ele e os vídeos vão sendo justapostos criando um moonwalk sem fim. os passinhos são contabilizados em metros e a dança nunca acaba. sem contar a criatividade de cada um. vale a pena conferir!

just one day out of life

faço minhas as palavras de amely, minha ídala!

minha pele tem o fogo do juízo final

é emocionante a reportagem de joão valadares, sobre os irmãos albinos nascidos em uma família de negros em pernambuco:
...
'Nasceram sem cor, numa família de pretos. Três irmãos que sobrevivem fugindo da luz, procurando alegria no escuro. O mais novo diz que é branco vira-lata. Os insultos do colégio viraram identidade. A mãe cochicha que são anjinhos.'
...
leia a reportagem na íntegra aqui. a dica veio daqui